Congada de Santa Efigênia é protagonista em documentário

“Os Filhos de Efigênia”, livro de Khryst Serpa, reconta história bicentenária

PorLucas Rafael Barboza

abr 14, 2021

Lançado nesta terça (29), o livro digital “Os Filhos de Efigênia: crônicas etnográficas e fotodocumentário sobre a tradicional Congada de Santa Efigênia” da jornalista Khryst Serpa, celebra a história de quase três séculos de atividades de uma das últimas irmandades leigas do período colonial ainda em funcionamento no Centro do País. A obra é mais um dos projetos contemplados pela Lei de Incentivo à Cultura Aldir Blanc, do Governo Federal, e do Edital Mauro Alex, do Centro Cultural Valdon Varjão.

Segundo a autora, o livro é resultado de anos de pesquisa acadêmica, que culminaram na imersão da jornalista junto à Irmandade Leiga dos Homens Negros de Santa Efigênia, em Niquelândia, Goiás, entre junho e julho de 2019. Na ocasião, Khryst Serpa pôde vivenciar na prática as atividades e o modo de organização social desenvolvido pelos Congadeiros de Santa Efigênia.

A obra descreve o surgimento dos modelos de formação socioespacial da região, que refletem a construção identitária brasileira, baseados em segregação racial, intolerência religiosa e a prevalecência patriarcal. Por outro lado, a jornalista também retrata as afetividades que movem a festa tradicional do Congo. “São dezenas de fotografias e entrevistas que partem do princípio da mera representatividade e da subjetividade da autora-fotógrafa do que de fato a festividade significa para os membros da Irmandade”, revela Khryst.

A autora, que também é Comunicadora Popular, buscou trabalhar elementos de aproximação entre o leitor e o tema, propondo ferramentas de democratização do acesso à informação através de recursos de linguagem como o regionalismo, recursos visuais, tendo a fotografia como código de linguagem, e recursos digitais como o mapa interativo, desenvolvido no campo da Cartografia Temática, compondo todo o cenário em que se dá a narrativa. “Entregamos um produto que visa contribuir para a movimentação do cenário literário regional, contribuir para a preservação da Memória Nacional, e principalmente, com compromisso com a democratização do acesso à informação”, pontua.

O projeto contou com o aporte técnico e de pesquisa do Prof. Dr. Gilson Moraes da Costa (UFMT-CUA), a Profa. Esp. Rosimeire Ferreira Soares, o diagramador Neemias Souza Alves, e o cartografista Antônio José Martins de Oliveira.

Você pode acessar gratuitamente o livro “Os Filhos de Efigênia: crônicas etnográficas e fotodocumentário sobre a tradicional Congada de Santa Efigênia” através da plataforma ISSUU, clicando aqui, e acompanhar os bastidores através da hashtag #OsFilhosDeEfigênia no Instagram.

Por Lucas Rafael Barboza

Sou aficionado por tecnologia, graduado em TADS, pós-graduando em Desenvolvimento para dispositivos móveis e internet, freelancer e idealizador do Holofote Digital e do Identimídia. Passo maior parte do tempo pesquisando, aprimorando meus conhecimentos na área e criando novos softwares e artes. Sou também bastante aficionado ao universo geek e amante da música eletrônica e heavy metal.

Deixe seu comentário

Ativar notificações    OK Cancelar