O Porto do Baé à noite durante a pandemia. Imagem: Holofote Digital

Ontem à noite, enquanto me dirigia ao supermercado 24h para fazer algumas compras emergenciais, me deparei com uma cena, no mínimo… lamentável… Muitas pessoas, aglomeradas em grandes concentrações, em especial nos bares e lanchonetes próximas ao Porto do Baé, sem sequer usar qualquer tipo de medida de prevenção contra a covid-19.

Me pergunto, porque essa negligência toda? Será que a pandemia acabou e eu sou o único na face da terra que não está sabendo?

E ainda mais, percebo a falta de aceitação delas, pois o problema continua aí, mas preferem encontrar um “bode expiatório”, como foi o caso das eleições de 2020.

Participei e estive acompanhando as eleições, e percebi que a gestão pública se mostrou eficiente em tomar as medidas preventivas contra a doença. Haviam faixas no chão onde orientavam as pessoas à ficarem distantes, tinha álcool em gel para todos, e todos tinham que obrigatoriamente usar máscara para ir votar. A única exceção foram alguns comícios e carreatas, embora tivessem uma certa prevenção.

Ainda assim, muitos vão dizer que o número de casos de covid-19 vai disparar por causa das eleições que ocorreram neste dia 15, mas sequer irão mencionar o principal motivo, que é a atitude errando ao sair de casa e se aglomerarem sem, pelo menos, usar uma máscara.

A ciência ainda estuda a covid-19. É um vírus novo, assim como a doença, portanto o que temos até o momento ainda é insuficiente. Em alguns casos há também a possibilidade da reinfecção.

Segundo estudos recentes, o corpo cria determinados anticorpos contra a doença, porém esses anticorpos não ficam para sempre no organismo, e tendem a cair após um período de 6 meses, tornando possível a reinfecção.

Você não precisa acreditar no que eu estou falando, basta que veja por si mesmo e tire suas conclusões. Aqui trago à você internauta, alguns artigos interessantes (alguns deles em inglês), de estudos recentes sobre a doença. São eles do Instituto Fio Cruz, Instituto de Ciência Tecnologia e Qualidade (ICTQ), The Lancet Infectious Diseases (Em Inglês) e Scientific Electronic Library Online (SciELO, Em Inglês). Leia o que puder e tire suas conclusões.

A ciência está cada vez mais lutando para descobrir mais sobre a doença, pois toda informação é valiosa, e o que temos atualmente é insuficiente. Há estudos sobre vacinas, que estão sendo acelerados de forma voraz, pois, a covid é um problema muito sério de saúde e já matou milhões pelo mundo, portanto há essa necessidade em se descobrir uma solução de forma rápida.

O vírus também tem capacidades mutagênicas, então é possível que possamos ver mais ondas de covid-19 surgindo, mesmo após termos passado pela primeira, como é o que está acontecendo pela Europa.

O governador João Dória, recentemente, trouxe um lote para São Paulo com 120 mil doses da vacina chinesa “CoronaVac” para ser testada em voluntários. Não se sabe ainda a eficácia da vacina, e só teremos informações concretas mediante estudos, o que pode levar um tempo. Então, temos uma solução? É óbvio que AINDA NÃO!

E como não há solução, os casos e mortes também não pararam. Recentemente um vídeo do cirurgião plástico barra-garcense, Dr. Marcelo Henrique Parseghian, que está circulando as redes sociais, me chamou bastante a atenção. Nesse vídeo ele conta, que durante sua visita ao Rio de Janeiro, ele presenciou uma cena quase que “apocalíptica”: cemitérios verticais estavam sendo construídos, pois não haveria mais espaço para enterrar os mortos devido à covid-19. Vejam na íntegra o vídeo:

Cabe à você escolher como irá se proteger durante essa pandemia, lembrando que não estará fazendo isso apenas por si mesmo, mas também pelas outras pessoas à sua volta.

Espero que as pessoas tenham um pouco mais de consciência, pensem bastante e comecem a se prevenir mais. Esse é um problema sério e ainda não temos uma solução. Não quero ter que ser o estraga-prazeres e depois falar para muitas pessoas: “eu te avisei”…

#HolofoteDigital (Facebook) #HolofoteDigital (Twitter) #HolofoteDigital (Instagram)

Veja mais conteúdo do Holofote Digital, inscreva-se em nosso canal no YouTube e acesse nosso site e redes sociais:
YouTube do Holofote Digital: https://www.youtube.com/holofotedigital
Facebook do Holofote Digital: https://www.facebook.com/holofotedigitalhd/
Twitter do Holofote Digital: https://twitter.com/HolofoteD
Instagram do Holofote Digital: https://instagram.com/holofotedigital/

Por Lucas Rafael Barboza

Sou aficionado por tecnologia, graduado em TADS, pós-graduando em Desenvolvimento para dispositivos móveis e internet, freelancer e idealizador do Holofote Digital e do Identimídia. Passo maior parte do tempo pesquisando, aprimorando meus conhecimentos na área e criando novos softwares e artes. Sou também bastante aficionado ao universo geek e amante da música eletrônica e heavy metal.

Deixe seu comentário

Inscreva-se aqui    OK Não