Eleições 2020

Neste ano de 2020, apesar da pandemia, teremos as eleições municipais, algo que afetará diretamente a vida de muitos em suas respectivas cidades, e é algo que irei comentar neste artigo.

Um cenário político atípico

Ao conversar com as pessoas vejo que a grande maioria tem um “pé atrás” quando se pergunta em quem vão votar… Mas porque isso? Bom, ainda neste ano já vimos muitos casos de corrupção e escândalos políticos diversos, seja na esfera federal ou em qualquer outra, e isso deixa “cicatrizes” nos eleitores.

Muitos não querem falar em quem irão votar ou mesmo se arrependem de terem ajudado a eleger tal candidato que hoje foi protagonista ou está envolvido em alguma coisa não muito democrática e polêmica.

Como se não bastasse, aqueles que anunciam seu voto abertamente costumam sofrer o fenômeno do cancelamento nas redes sociais e até mesmo críticas não-construtivas dos próprios familiares e amigos. Isso faz com que cada vez seja mais difícil debater o tema e as pessoas prefiram se esconder durante esse período.

Dá pra acreditar em mudança?

Como mencionei acima, há políticos que já tiveram seus problemas com a justiça durante a gestão e isso causa “cicatrizes políticas” nos eleitores, então fica difícil ter essa esperança pela mudança.

Eu, particularmente, não acredito em ninguém, mas tenho que votar em alguém, e sim, tenho alguns candidatos em mente a qual gostaria de dar uma chance de mostrar que é possível voltar a acreditar novamente. Entretanto, se o candidato eleito não cumprir o seu papel, pode ter certeza que irei abrir a boca e gritar aos quatro ventos, afinal ele é um representante do povo e deve cumprir o seu papel, e nós como eleitores também temos o papel de denunciar as irregularidades e exigir melhorias. Isso se chama democracia.

Meu candidato parece não ter nenhuma chance…

É uma questão complicada quando se trata de um candidato pouco midiático ou conhecido. Se você confia plenamente no seu candidato, há uma coisa que você pode fazer, incentivar outros a fazerem também, e é gratuita: chama-se militância!

Eu já não consigo fazer militância para ninguém devido à minha descrença no nosso cenário político, mas quero dar a chance (e com isso digo o meu voto) para aquele que puder me provar que será útil ao município, ou seja, o candidato que se eleito realmente desenvolverá a cidade.

E a pesquisa eleitoral?

Se você acredita em pesquisa eleitoral, tenho uma péssima notícia para você: esqueça tudo que você leu sobre quem está liderando ou não, porque não funciona!

Você nunca conheceu algum entrevistado e acredito que nem irá conhecer, só isso já irá te deixar com a “pulga atrás da orelha”, né? Pois bem, existem critérios para entrevistar os eleitores, mas a grande maioria acaba não participando da pesquisa.

Em resumo, essas estatísticas vem de dados retirados de alguns entrevistados e outros coletados em redes sociais e outras fontes de dados que os institutos de pesquisa tiverem à disposição.

Outra coisa que você deve levar em conta é a margem de erro, que pode chegar até 10% e o número de indecisos. Só pelas últimas pesquisas que tivemos, se os indecisos fossem um candidato, ele estaria na liderança.

Porque tantos candidatos, se só podemos escolher um?

Essa é a parte ruim da política. Há candidatos em excesso, e muitos que são eleitos não estão realmente preocupados em desenvolver seu município e participar de fato da vida pública.

Política acabou se tornando uma carreira, onde se tem um bom salário (fora o que se pode conseguir nas entrelinhas, entende?), regado à diversos privilégios garantidos por lei. Um prato cheio para quem pensa dessa forma…

Fico triste quando vejo essa realidade, e realmente espero que haja mudanças, embora não acredite por ser mais um eleitor cheio de “cicatrizes”. Mas 2020 está aí e teremos de escolher alguém ou os outros escolherão por nós… E você, já tem seu candidato definido para estas eleições?

#HolofoteDigital (Facebook) #HolofoteDigital (Twitter) #HolofoteDigital (Instagram)

Veja mais conteúdo do Holofote Digital, inscreva-se em nosso canal no YouTube e acesse nosso site e redes sociais:
YouTube do Holofote Digital: https://www.youtube.com/holofotedigital
Facebook do Holofote Digital: https://www.facebook.com/holofotedigitalhd/
Twitter do Holofote Digital: https://twitter.com/HolofoteD
Instagram do Holofote Digital: https://instagram.com/holofotedigital/

Por Lucas Rafael Barboza

Sou aficionado por tecnologia, graduado em TADS, pós-graduando em Desenvolvimento para dispositivos móveis e internet, freelancer e idealizador do Holofote Digital e do Identimídia. Passo maior parte do tempo pesquisando, aprimorando meus conhecimentos na área e criando novos softwares e artes. Sou também bastante aficionado ao universo geek e amante da música eletrônica e heavy metal.

Deixe seu comentário

Inscreva-se aqui    OK Não